Crie seu próprio Site Grátis! Templates em HTML5 e Flash, Galerias em 2D e 3D, Widgets, Publicação do Site e muito mais!
«O Paradigma Antrotecnológico»
nation2.com  



Total de visitas: 26533

Televisão

A grande expansão da televisão

NASCIMENTO E EVOLUÇÃO DA TELEVISÃO

  A História da Televisão já tem mais de um século.

  Com efeito em 1840 efectuaram-se as primeiras experiências sobre o princípio da telegrafia de imagens. Em 1870, Willoughby Smith comunica à Society of Telegraf Engineers, em Londres, que o seu preparador Joseph May observou um comportamento estranho do selénio quando submetido a determinadas condições. Tinham sido descobertas as propriedades fotoeléctricas do selénio: passagem da corrente eléctrica (em função da zona onde está iluminado) quando submetido a radiação luminosa.

  Em Portugal o Prof. Adriano Paiva, da Academia Politécnica do Porto, publica em 1878 uma memória intitulada "A Telefonia, a Telegrafia e a Telescopia".

  A descoberta do telefone por Bell, levou este cientista português a colocar a questão: se é possível transformar as ondas sonoras em corrente eléctrica, porque não fazer o mesmo com as ondas luminosas? Assim, surge a utilização do selénio como elemento foto-electroactivo, repescando a descoberta de May, sete anos antes e entretanto caída no esquecimento.

  De descoberta em descoberta, chega-se ao Disco perfurado de Nipkow, em 1884. Muito mais tarde, em 1924, John Baird revê e corrige este sistema mecânico e reproduz de uma forma grosseira o rosto humano.

  Cinco anos mais tarde, consegue interessar a BBC e realizam-se as primeiras emissões experimentais de meia hora, cinco dias por semana.

  A primeira, surgiu em 30 de Setembro de 1929 e demorou apenas dois minutos. Não tinha som e existiam apenas vinte e nove televisores.

  Três anos depois foram feitos vários testes com o sistema experimental de 30 linhas, ainda imperfeito, e em 1936 já se podia assistir a uma verdadeira emissão de TV, com o sistemas de 405 linhas. Havia 400 receptores e tinham que estar instalados a menos de 30 milhas do emissor (Brookmans Park, em Londres).

  Contudo havia ainda muitas imperfeições e  para se poder transmitir uma imagem minimamente em condições tinha de se aperfeiçoar e inconoscópio. E foi o que os britânicos fizeram e com isto, a BBC passa a utiliza-lo de 1936 a 39, e num curto período a seguir à Segunda Guerra Mundial. Em 1940 começam as transmissões diárias a cores no EUA. É o Dr. Peter Goldmark da Columbia Broadcasting System, que cria um sistema de 343 linhas. Um disco de três filtros, vermelho, verde e azul que rodava em frente ao tubo da câmara. De facto a câmara captava, sucessivamente, uma imagem de cada uma das cores básicas. O receptor tinha um disco semelhante mas maior que girava electronicamente à mesma velocidade do da câmara. Este sistema revela-se um perfeito falhanço e é abandonado.

  Em 1949 a RCA (EUA) produz o primeiro tubo shadow - mask o que permite uma televisão a cores totalmente electrónica. O primeiro gravador de vídeo aparece em 1956 e foi concebido pela Ampex – Corporation, Califórnia, pesava uma tonelada e meia e media quatro metros. Assim, graças ás várias experiências feitas e que muitas delas falharam, o objectivo foi conseguido e em 1956 apareciam em Portugal as primeiras emissões experimentais a preto e branco.

Criar um Site Grátis    |    Crear una Página Web Gratis    |    Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net